Seguidores

Valores Universais - Por Max Diniz Cruzeiro

Valores Universais são unidades referenciais de comportamento geradores de benefícios que aproximam indivíduos de uma relação benéfica, centrada sobre a continuidade, perpetuidade e estados de conservação da vida.
CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica

São exemplos de valores universais em linguagem conceitual: lealdade, integridade, discernimento, humildade, honestidade, respeito, coragem, nobreza, vontade, cortesia, disciplina, paciência, determinação, bondade, serenidade e amor.

Existem várias metodologias disponíveis para a formulação de valores universais. Muitas sociedades podem desenvolver estes aspectos baseados em sua experimentação e costume, onde as práxis que integram o comportamento ficam moldadas pelo tempo numa dinâmica populacional gerando um indexador, na forma de regra que é válido para um agrupamento.

Em sociedades mais modernas há que se pensar em uma estatização desta moral, em que estes valores são levantados e fabricados para nortear a comunicação e interação entre pessoas.
CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica

Os princípios quando regulados podem passar a assumir como parte de um sistema moral que abastece a sociedade com informações suplementares de como o comportamento deve ser guiado entre os diversos players de uma organização social.

Quando esta fase se torna avançada, coexiste uma necessidade regulatória dos valores a fim de contrapor uma vontade não muito regular em que não é de base hegemônica.

Neste estágio, as relações que se formam dos valores candidatos a universais é uma abordagem sofista de fundamentação ética que privilegia questões de bom senso que estão além de uma moral civilizatória.

Doente de amor procurei remédio na espiritualidade - Por Ulysses Cláudio Pereira

O que é o amor? O amor é felicidade e felicidade é amor.

É com amor que vencemos tudo na vida; sem amor ninguém vence nada.

E o amor onde está? Está no reino da matéria? Não está no reino da matéria, está no reino espiritual.

Vamos desenvolver o amor espiritual para termos saúde do corpo e uma mente positiva. A mente estando positiva, a criatura é feliz, e ela sendo feliz está vivendo com amor. É o que a Filosofia Espiritualista Racionalista Cristã ensina, nela não há rodeios, fala-se às claras, doa a quem doer, fira a quem ferir. Todos os seres humanos têm direito à felicidade relativa.

Nas Casas Filosóficas Espiritualistas Racionalistas Cristãs apregoa-se a Verdade, mas cabe a cada um procurar desenvolver essa Verdade, através do esforço próprio, do estudo, da frequência a este ambiente. 

Quanto mais assídua é a criatura, mais facilidade terá de desenvolver o raciocínio e compreender que a vida é de lutas, sofrimentos, mas o espírito é capaz de suportar todas as vicissitudes da vida e delas sair galhardamente, de cabeça erguida. É o que cada um deve fazer.

Doente de amor procurei remédio na espiritualidade
Por Ulysses Cláudio Pereira

Como homenagear Jesus "o Cristo"? - Por Antão José Lopes da Luz

Cristo, a alma mais evoluída que já desceu à Terra,
durante a sua peregrinação por este planeta de misérias e sofrimentos, procurou sempre levantar os humildes, esclarecendo-os e fortificando-os para a luta.

Desencarnou pregado a uma cruz, entre ladrões, porque não quis satisfazer a vaidade dos prepotentes do seu tempo, o orgulho e o ciúme dos homens de falso caráter, sem dignidade e sem honra, que o perseguiam.
Não podemos deixar de fazer justiça, elevando essa alma nobilíssima, valorosa e intrépida, qual foi a de Jesus, o Cristo, para fazer sentir à humanidade que ela vive enganada, ludibriada, e que é preciso acordar.

Não é com comemorações, com homenagens rendidas à matéria, matéria que apodrece vinte e quatro horas depois de a deixar o espírito, matéria que não vale nada.

Render homenagens às almas, a esta alma valorosíssima, era o dever de todo o ser que tem noção de alma, partícula luminosa do Grande Foco, e, portanto, irmã de Cristo.


Render homenagem a Cristo é elevar o pensamento até ele, é fazer-lhe uma forte irradiação, a fim de atrair fluidos benéficos que venham fortificar o seu espírito, esclarecer o seu entendimento, e, ao mesmo tempo, suavizar as dores morais e físicas daqueles que vivem perambulando por este planeta de misérias e sofrimentos, cumprindo o seu dever, depurando os seus espíritos.

Quem isso fizer, ama e respeita a Cristo.

Como homenagear Jesus "o Cristo"?
Por Antão José Lopes da Luz

O verdadeiro amor espiritual - Por Luíz de Souza

Praticar o amor ao semelhante em toda sua sublimidade é tarefa assaz difícil, pois não há ninguém que a tenha realizado da noite para o dia.

Essa realização dá-se com o desenvolvimento paulatino da espiritualidade e o esforço empregado, assim, culminará quando o ser humano for capaz de amar os que o odeiam.

A alma que emite vibrações de ódio é infelicíssima e precisa prontamente ser ajudada, por encontrar-se à beira de um abismo.

Quem por ele, interessar-se, poderá oferecer-lhe solidariedade afetuosa, vibrações fraternais feitas com serenidade e interesse, de maneira a que certa dose de amor possa valer-lhe.

O amor é força que pode operar grandes prodígios, por meio de quem dela dispõe e a saiba aplicar.

O verdadeiro amor espiritual
Por Luiz de Souza

"Em memória" Benta Candeias - 100 anos - 03-11-2023



Sim, é de nossa Bentinha que estou lembrando,
Sim, estou lembrando da mãe boazinha,
Amou e nos educou com os recursos que tinha,
Com ela aprendemos os valores da família.

Estou lembrando da mãezinha Bentinha,
Mãezinha que sabia valorar os filhos que tinha,
Mãezinha que sabia lidar com nossas emoções,
Sim, com ela aprendemos a valorar os 
sermões.

Estou lembrando da mãezinha Bentinha,
Estou lembrando do valor bom que ela tinha,
Com ela aprendi a importância de ser bom,
Com ela aprendi a valorar o bom de ser bom.


Mãezinha de caráter irretocável e pulso firme,
Pulso firme, porém de ternura e bondade,
Foi assim que aprendi a amar a mãezinha,
Foi assim que aprendi a amar a Bentinha.
Benta Candeias
Por Wilson Candeias

O que é um Espírito Superior? – Por Carlos Alberto Yates

Pessoas que estão em busca da espiritualidade verdadeira, sadia, luminosa, curadora, equilibrante, enfim aquela adjetivação sempre positiva, que nós todos encontramos a partir do momento em que nós, começamos a adentrar com maior consciência e com maior convicção nos assuntos atinentes a essa filosofia, que é a Filosofia Espiritualista Racionalista Cristã.

Então, podemos questionar o que é um Espírito Superior?

CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica

Numa relação de hierarquia como é o nosso sistema de evolução no universo, nós vamos sempre ter alguém que é superior a nós e alguém que é inferior a nós, então se nós olharmos para cima, nós vamos ser alunos, se nós olharmos para baixo nós vamos ser professores, logo aprender e ensinar fazem parte das tarefas evolutivas.

Então, desde que o espírito se desprende da Inteligência Universal adentra ao átomo, onde pois passa a molécula, depois vai para a célula, vai ao reino vegetal, depois ao reino animal, depois ao reino hominal, ele vai aprendendo e vai lidando com situações, várias de aprendizado, quando ele chega no status de espírito, essa força, essa parcela da Inteligência Universal, ele passa então a ter condições de animar um corpo humano, e aí começa a sua evolução.

19 de setembro de 1893 - 130 anos da desencarnação de Dr. Custódio José Duarte - Por Wilson Candeias

O Dr. Custódio José Duarte nasceu em Vila Real de Trás-os-Montes, a 16 de junho de 1841, formou-se em medicina na Escola Médico-Cirúrgica do Porto, defendeu sua tese em 1865, sobre “Responsabilidade médico-cirúrgica”, em seguida, entre 1865 e 1866 viajou para Cabo Verde, onde rapidamente, como médico tornou-se uma figura proeminente, local que se dedicou pelo resto de sua vida, e desencarnando em Mindelo, Ilha de São Vicente no dia 19 de setembro de 1893.[1]

A estratégica coincidência do Dr. Custódio José Duarte, ao iniciar sua carreira profissional entre 1865 – 1866, na deslocada e bucólica cidade de Mindelo, sem luz, sem água corrente, e, talvez o único médico local, pode-se dizer que dentro da ideia original do Padre Antônio Vieira, de que nada mais poderia sair errado, nos leva a pressupor que tanto o senhor Augusto Messias de Burgos, em seus primeiros momentos de vida, em 12-07-1868, como sua mãe, a senhora Isabel Messias de Burgo, mesmo havendo controvérsias sobre o local onde passou sua juventude, Ilha de São Vicente, ou na Ilha de Santiago[2] local de seu nascimento, mesmo assim apesar do médico Dr. Custódio José Duarte, ter como base a Ilha de São Vicente, provavelmente tinha como sua tarefa dar assistência nas demais ilhas, e isto o coloca de frente com um possível encontro com a família Burgos. Da mesma forma, pela comparação de datas, também podemos pressupor que a esposa do senhor Burgos, a senhora Rita de Cássia que nasceu em 22-05-1872, filha de Mateus Adrião Fortes e de Geralda Fortes, possivelmente também tenha sido assistida pelo Dr. José Custódio Duarte.

Na mesma sequência de raciocínio, também não se pode ignorar o Cônego António Manuel da Costa Teixeira que nasceu em 1865, na Ilha de Santo Antão e o senhor Henrique Baptista Morazzo, que nasceu em 06/11/1885, na Ilha de São Vicente.

Estudo sobre O CAMINHAR DO SENHOR AUGUSTO MESSIAS DE BURGOS

 


Este pequeno estudo ilustra a caminhada do senhor Augusto Messias de Burgos, um ser espiritualista, cuja participação foi fundamental na abertura do primeiro Centro Espírita Kardecista na Cidade de Santos em 1902. Que em algum momento do já iniciado século XX, cruzou com o senhor Luiz José de Mattos, assim neste estudo também destacamos alguns dos desígnios deste homem benemérito, que influenciou nos destinos da cidade de Santos, e do senhor Luiz Alves Thomaz, um homem riquíssimo, porém discreto, que vivia somente para seus negócios, por isso em 1910 quando curados, esclarecidos e unidos pelo senhor Burgos, iniciaram a Filosofia Espiritualista Racionalista Cristã, na Cidade de Santos. Na sequência, em Cabo Verde, o Sr. Burgos estabeleceu o primeiro Centro Espírita Kardecista, na Cidade de Mindelo em 1911. 

CLIQUE AQUI PARA LEITURA, OU DOWNLOAD

É agora ou nunca mais - Por Luiz de Mattos

Grande Foco! Vida do Universo! Aqui estamos a irradiar pensamentos às Forças Superiores para que a luz se faça em nosso espírito, e tenhamos consciência dos nossos erros a fim de evita-los e nos fortalecer para praticar o bem.
CLIQUE para ouvir
a Limpeza Psíquica
Se à humanidade fossem explicados os porquês da vida, a composição do Universo, que é a mesma do próprio ser humano - Força e Matéria estaria ela, hoje, esclarecida, e teria com os pensamentos igual cuidado ao que é preciso ter com a corrente elétrica, o fogo, etc.

É pelo pensamento que o ser humano irradia saúde ou doença, êxito ou fracasso.

A solução dos problemas da vida dos indivíduos, das coletividades, das nações, do mundo, em geral, depende da normalidade dos homens, da sua educação moral e preparo intelectual, baseados em princípios racionais e científicos, cada um sabendo que é uma força geradora de pensamentos que o tornam bom ou mau, feliz ou infeliz, saudável ou doente.

Sendo o pensamento força saturada de poder preciso se tornam esclarecer os seres humanos, fazendo-lhes ver que sem preparo, sem disciplina, sem bom estado psíquico, sem moral em todos os lares, nada, absolutamente, de bem, de útil, de estável, se conseguirá, porque sem esses predicados as fobias várias, filhas da falta de moral que avassala a humanidade continuarão a imperar por toda parte.

É agora ou nunca mais
Por Luiz de Mattos

Fonte Site do Racionalismo Cristão
Livro Cartas Oportunas sobre o espiritismo - 1948

Progredir espiritualmente – Por Luiz de Mattos

Os seres humanos devem progredir continuamente. O progresso não pode ficar limitado aos ganhos de natureza material, mas alcançar os amplos propósitos de ordem espiritual. Progredir espiritualmente é desenvolver a inteligência, aplicando-a ao raciocínio lúcido e à vontade forte, sempre voltados para a prática do bem. É distinguir o bem do mal, é ser justo, leal e honesto, é ter procedimento digno.

A materialidade embota o raciocínio, escurece a razão, impede que o indivíduo veja a vida de forma clara, ainda que lhe seja apontado o que é correto e o que é errado, pois conserva os olhos fechados para as boas condutas, porém abertos para as más ações.

Ao entorpecer o raciocínio, a materialidade torna as pessoas displicentes no cumprimento dos deveres, e todas têm responsabilidades na vida. Se as crianças têm deveres a fazer quando passam a frequentar a escola, muito mais obrigações a cumprir têm os adultos, em razão de suas maiores responsabilidades.

Quando o indivíduo tem noção de seus deveres, ele os cumpre com lisura, mas, quando lhe falta essa qualidade moral, torna-se displicente, prefere entregar-se aos prazeres efêmeros da materialidade, descumprindo suas obrigações de natureza evolutiva.

Infelizmente, são incontáveis os indivíduos que expressam ódio, inveja e malquerença nas relações humanas, que encaram os fatos sérios da vida com displicência, que encontram alegria e prazer na imoralidade e na desonestidade, para dar satisfação plena aos sentidos. São vítimas de pensamentos e modos de vida que degradam a alma, e que mais tarde lhes trarão consequências desagradáveis no processo evolutivo do espírito.

Luiz de Mattos previu a Covid19 - Livro Cartas Oportunas Sobre o Espiritismo

A Humanidade, que está carecendo de preparo espiritual para resistir ao tremendo vendaval de loucura que se tornará a peste mais danosa do século e de todos os tempos, e para a qual o materialismo da ciência médica não terá remédio.

É sabido que as guerras prosseguirão até o fim deste século e princípios do vindouro, e que a mortandade, a fome e a peste serão terríveis, passando o mundo por grandes transformações. A marcha da ciência ninguém ousará pôr entraves, mas os efeitos morais das guerras e da peste serão de tal ordem, que os espíritos fracos terminarão por se enfermarem, havendo, no final deste século, uma espécie de peste, como já houve a “peste negra”, que dizimou, pode-se assim dizer, mais criaturas do que as maiores guerras de antanho.

Naquela ocasião os empestados eram mortos à bala, para que o mal não grassasse (alastrasse), só se salvando os fortes de espírito e do corpo. Eis o que está reservado aos glutões, aos gozadores, aos devassos, aos escravos dos tóxicos que supõem que a vida se resume em comer, dormir e praticar atos bestiais.

Luiz de Mattos previu a Covid19 - Livro Cartas Oportunas Sobre o Espiritismo

Leis Naturais e Imutáveis - Eflúvios do Fluido Universal - por Wilson Candeias

Ao ler ou ouvir uma comunicação espiritual do Astral Superior, é comum perceber-se a palavra “eflúvio”, sensível subtilidade aromática além de nossas questões. Contudo se constata o verbo “fluir” cravado na palavra “eflúvio”, que significa brotar procedente de uma fonte que transpõe sua substância e infiltra-se em outro componente.

Igualmente o planeta Terra é comprovadamente originário dos fluídos etéreos do universo, então entende-se que é energia ativa em constante movimento e evolução, portanto um organismo vivo que, em seu estágio atual, está envolta em uma massa de “ar”, combinada entre temperatura, umidade, e pressão atmosférica, que além de nos facilitar a vida, nos faculta a respiração, mas o extraordinário dela, é que, a sua intensa energia, nos seus exatos movimentos de rotação e translação, há a precisão do tempo, ordem e constância que nos permite o dia e a noite, ou seja, o trabalho e o repouso, do mesmo jeito somam-se os produtos da terra, alimentos que se infiltram e “fluem” em nosso organismo, energizando e mantendo-nos vivos, consequentemente com essa transferência de fluídos, admite-se que somos “matéria”, isto mesmo materializados e organizados por fluídos gerados pela regularidade dos movimentos e evolução deste planeta.

CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica
Também é sabido que para se materializar, o princípio inteligente, espírito que é luz, composto de fluido quintessenciado portanto imaterial, parti de seu mundo fluídico ao qual pertence, e principia-se no útero de uma mãe, inicialmente pelo “fluir” dos pensamentos, assim a partir dessa união entre os fluidos sutis do espírito e os fluidos físicos da mãe, inicia-se molécula a molécula - a materialidade do feto.

“...matéria quintessenciada é o mais alto grau de apuramento da matéria, essência da vida, originada de mundos de Luz Astral”. (Livro Racionalismo Cientifico o Espírito e a Natureza do Universo - Moysés Martins Ribeiro)

Após longo período de gestação, o princípio inteligente toma posse desse corpo numa simbiose perfeita entre princípio inteligente e matéria, iniciado pelo fluido do amor original, por conseguinte jamais desliga-se de sua mãe, trocando “eflúvios” de bem querer entre ambos e seus descendentes.

Atributo do espírito - A Prudência - Por Luiz de Souza

Para adquirir-se a prudência, é necessário meditar antes de falar, escrever ou agir.

Este procedimento salutar educa o espírito, fazendo com que a pessoa, em qualquer circunstância, procure pensar primeiro antes de tomar alguma séria resolução.

A prudência obriga o indivíduo a acalmar-se, a dominar os nervos, a controlar os ímpetos, a proceder com serenidade.

Os atos impensados que se praticam, em cada dia, demonstram até que ponto chega a irreflexão humana e o descontrole das atitudes, com o desfecho imprevisível.

A falta de prudência retarda a evolução, porque o indivíduo, por leviandade ou imprevidência, comete erros e falhas que produzem débitos espirituais que terão de ser saldados no futuro.

Atributo do espírito - A Prudência - Por Luiz de Souza
Colaboração: Rute Helena Macário

A importância dos assíduos colaboradores militantes nas reuniões particulares - Por Wilson Candeias

As reuniões de desdobramentos acontecem em todas as Filiais da Filosofia Espiritualista Racionalista Cristã nas terças e quintas-feiras, e a participação é exclusiva aos “carregadores do piano”, isso mesmo daqueles colaboradores que faça tempo bom ou debaixo de temporal, eles estão lá, fieis servidores do Astral Superior, onde se estabelece a corrente fluídica, assim é, com a disciplina e a firmeza dos pensamentos dos militantes presentes, que as Forças Superiores vão aos locais mais distantes do planeta, amenizar o sofrimento e a obsessão de enfermos, que além de higienizar ambientes deletérios, emana intuições de benquerença a governantes e governados ajuizando-os a consciência do bem comum.

AMIGOS MILITANTES, SOMOS ETERNAMENTE AGRADECIDOS COM VOSSO COMPARECIMENTO ASSÍDUO NESSAS REUNIÕES PARA TAMBÉM FAZER A FLUIDIFICAÇÃO DE ÁGUA, QUE TANTO BENEFICIA A HUMANIDADE QUE COMPARECEM NAS REUNIÕES PUBLICAS.

Este quadro é um presente, para quem assim o desejar postarem como tela principal de seus computadores e no telefone celular, com certeza os ajudarão em manter os pensamentos elevados.

CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica

 A importância dos assíduos colaboradores militantes nas reuniões particulares - Por Wilson Candeias

Ahhh... Mulher quanto esmero carregas - Por Maria Cottas

CLIQUE para ouvir
a Limpeza Psíquica
Os primeiros exemplos de generosidade e de amor fraterno que o espírito recebe neste mundo geralmente são dados por uma mulher.

É através da generosidade dela que uma alma pode vir a este mundo fazer o seu curso evolutivo.

Mas quando o espírito escolhe vir num corpo de mulher, ele vem com grandes responsabilidades, não só para com a evolução própria, mas com a evolução daqueles que lhe são chegados, principalmente os filhos.

Porém, o espírito que escolhe um corpo feminino vem preparado, disposto a cumprir com os seus desígnios superiores, porque lhe é mostrado quão importante é um bom desempenho para a evolução de outros espíritos, para que possa dar conta de sua prole neste mundo, porque o ser humano, um dos mais frágeis da natureza, precisa do desvelo da mãe para a sua sobrevivência.

Ahhh... Mulher quanto esmero carregas - Por Maria Cottas

Colaboração: Rute Helena Macário

Equilíbrio da sensibilidade do médium - Por Márcia Teixeira

Para os instrumentos mediúnicos com sua sensibilidade desenvolvida dia após dia nas correntes fluídicas do Racionalismo cristão é de grande importância para sua evolução, que esse desenvolvimento tenha forte apoio da militância.
Clique em qualquer imagem para AMPLIAR
CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica
Esse desafio é para o instrumento mediúnico como atravessar um grande cânion, onde é preciso o equilíbrio total de suas emoções, sabendo conter todos os impulsos vindos de todos os lados através de vibrações oriundas desse mundo.
CLIQUE para ouvir a Limpeza Psíquica
Essa é umas das tarefas mais complexas que um instrumento mediúnico precisa entender, por isso, o apoio da militância é o mais importante, pois muitas vezes o médium caminha numa imensa solidão, pois ciente de suas responsabilidades enfrenta até mesmo dentro de sua família forte resistência às suas convicções.
Portanto é inconcebível a competição e a descriminação por parte daqueles que caminham na senda da evolução.

Equilíbrio da sensibilidade do médium
Por Márcia Teixeira

Idolatria – Por Márcia Teixeira

 Um breve estudo sobre “IDOLATRIA” no caminho da espiritualidade.

Ao ouvir ou ler alguma orientação espiritual, é normal que encontremos dificuldades de entendimento em uma ou mais palavras, assim como hoje ouvimos sobre “idolatria”, busquemos elucidações na realidade dos dicionários, que além de nos ajudarem em nosso vocabulário, nos ampliam nossas maneiras e atitudes na qualidade da vida real do dia a dia.

Significado da palavra “idolatria”.

Ela herda dos radicais gregos “eidolon + latreia”, onde eidolar seria melhor traduzido por corpo e latreia significando “ADORAÇÃO”.

Nesse sentido representaria mais uma adoração às aparências corporais do que de imagens simplesmente, ou de lembranças de pessoas que já desencarnaram.

Essa tradução de idolatria no grego nos remete as várias filosofias existentes que idolatram com tanto exagero figuras como os Santos e mesmo Jesus que na sua intenção e grau de espiritualidade entende como seres divinos e acrescidos de imagens divinas que trarão os milagres para que seus pecados sejam perdoados, ou mesmo lavados, como a história nos mostra através dos cultos existentes, o perdão de seus pecados. Por isso idolatram na ilusão de serem reconhecidos aos céus por sua verdadeira devoção, adoração e idolatria.

Paragem espiritual, instantes únicos e ternos de lucidez – Por Márcia Teixeira

O espírito tem uma aurora, essa aurora se vale do seu projeto de vida na qual passa para a sua vinda a esse mundo. Encarar a vida com realidade superior exige estudo e grandeza espiritual.

CLIQUE para ouvir
a Limpeza Psíquica

Saber enfrentar tudo que vem de encontro a nossa essência e as provas que devemos passar, podendo errar numa múltipla escolha, como numa prova, podemos ganhar em outra situação na mesma circunstância, porém com atalho diferente. Os estudos espiritualistas nos dão a chance de termos consciência de todo esse contexto. Analisando e buscando soluções que vão nos dar o brilho da consciência esclarecida de como podemos vencer. Para isso a paragem superior é dada como estudo de si mesmo.

Aqueles que vivem na corrida dos ganhos materiais jamais entenderão o sentido de uma paragem superior: instantes únicos e eternos dedicados à vida espiritual. Ao observar, analisar e buscar dentro dessa paragem a grandeza da vida nos níveis superiores da Força criadora, ou Inteligência Universal, onde habitam os verdadeiros conhecimentos. Temos esse contato fortificado pelos ensinamentos espiritualistas.

Quando se está à mesa dos trabalhos de uma reunião pública e ela está em andamento, há só uma luz, só um elo, nos religamos aos níveis superiores da Inteligência Universal, podemos compreender a luz se abrindo dentro de nós, porque também somos luz, onde a harmonia espiritual prevalece dentro das mais coesas intenções, como um conglomerado de luz, são correntes que congregam união e sabedoria servindo a humanidade. 

Essa humanidade é vitima da mentira e da falsidade - Por Pedro Pesce

CLIQUE para ouvir a
Limpeza Psíquica
O "destino" só pode ser entendido como alvo, meta, lugar distante para aonde o livre arbítrio conduz; objetivo a ser alcançado através das resoluções da alma...

Não sendo assim nos restaria tão-somente o fatalismo estreito dos fanáticos e convencionais que "culpam" o destino por seus maus hábitos e suas imperfeições, por seu mau uso do raciocínio, por sua subjugação aos dogmas e por sua subserviência aos sistemas sociais injustos. Com efeito, quando a criatura se enfraquece as outras ficam mais fortes!...

Culpar o destino pela dor, pela infelicidade, pelos dissabores, pelas frustrações, é abrir mão dos poderes inerentes ao Espírito; é perder a dignidade como criatura, como ser humano, como raio de Luz que dimana do Grande Foco de Luz Universal; é perder a coragem, é afastar-se dos deveres de espírito encarnado.

Como falta à Humanidade os conhecimentos ora espargidos pela Filosofia Racionalista Cristã!

Com efeito, uma Humanidade órfã da Verdade é essa humanidade aí, vítima secular da mentira e da falsidade de todas as religiões.

A hipocrisia judaico-islâmica é essa aí, parteira vezeira de escravos e vassalos, de ofendidos e revoltados. Urge, pois, a nós outros, esclarecidos que bradamos ser, cultivar a independência de pensamento e o amor à Verdade.

Realmente, os escravagistas históricos estão aí, de plantão, manipulando as massas e pretendendo bramir "ad a eternum" o seu comando rouco de indecentes!

Temos que nos fortalecer, material e espiritualmente, para fazer frente a essa corrente malsã da santa ignorância, da mentira pública, do ódio institucionalizado; nossos incidentes pessoais não são maiores que nossos ideais!

Fraternal abraço do Pedro
Fonte:

A verdade está para todos - Por Ulysses Claudio Pereira

1 - Ignorância sobre a lei das reencarnações causam consciências intranquilas

“O ser humano precisa se conscientizar de que a Verdade está para todos. A Doutrina é uma escola que ensina às criaturas como viver, como se desprender das coisas materiais" Luiz Alves Thomaz
Conheça este e
outros livros

Os atos praticados são registrados na esteira espiritual de cada um; quando a criatura vive condignamente, isso fica registrado. Ao chegar ao seu mundo espiritual, sente uma alegria imensa, se soube viver as duas vidas neste planeta, mas quando, desgraçadamente, não se sabe viver a vida material e a espiritual, o quadro é bem diferente.


Ao atingir esse mesmo mundo, caberá à consciência de cada um julgar os seus atos e a ninguém mais. Não há condenação eterna, nem inferno, nem purgatório, há, sim, lei de causa e efeito, à qual todos estamos submissos.

Não há seres privilegiados perante essas leis, todos respondem pelos teus atos, quer queira, quer não, porque são leis inalteráveis.


Tudo acontece quando impera a ignorância da lei das reencarnações. Se não existisse a lei das reencarnações, jamais o ser humano agiria de forma indigna, desumana, porque ao pensar que, morrendo o corpo físico, tudo se acaba, mas está aí o grande engano da parte espiritual.


Ao desencarnar quando não se tem corpo matéria, tem-se o corpo astral que é de matéria fluídica relativa ao mundo espiritual do desencarnado.


Qualquer ser humano ao proceder de usura, a ganância, a materialidade que impera mais alto ao usar de falsidade para com o semelhante. E ao desencarnar percebe-se que existe uma lei que se chama “causa e efeito”. É como a lei da gravidade, não podemos jogar nada para cima que tem endereço de volta. Assim são os nossos atos. E nossos pensamentos também têm endereço de ida e volta.


2 – Conquistar a consciência da imortalidade do espírito

Vale a pena visitar