Seguidores

Força do Pensamento - Por Luiz de Mattos

Atributos do Espírito
A força do pensamento tem como medida o grau de evolução do ser humano, e, como limite, a capacidade que este possui de utilizar-se dos seus atributos espirituais. Deverá ser sempre desenvolvida com o objetivo de favorecer o bem comum.
Desde que a pessoa cresça na consciência de si mesma e se identifique com as suas poderosas faculdades latentes, encontrará na força do pensamento o instrumento seguro e eficaz para a realização de anseios e aspirações, e a proteção da sua saúde física e mental.

A literatura médica registra inumeráveis casos de doenças graves cujas curas, por muitos consideradas milagrosas, apenas se deveram à ação espiritual dos próprios enfermos e à atração que souberam exercer das Forças Superiores.

A sublimação do pensamento traduz um estado de consciência sensível à evolução do espírito e propício à conquista da felicidade interior e do bem-estar proporcionado por essa felicidade.


A pessoa cria a imagem pelo pensamento e, só depois, a materializa para determinado fim. Vejam-se as maravilhas da pintura universal. Observe-se a riqueza, a grandiosidade das obras que consagraram e imortalizaram tantos e tantos mestres das belas artes, através dos tempos. Pois nenhuma delas foi lançada na tela sem que o pintor a tivesse mentalmente concebido em todos os seus detalhes.

O mesmo acontece com o engenheiro. Antes de desenhar o edifício, a máquina, os projeta nos seus mínimos pormenores.

Com o pensamento em ação, idealiza primeiro o esboço, depois corrige as possíveis falhas, até que a imagem do que vai exteriorizar e materializar esteja mais ou menos perfeita.

De toda a obra humana, toda, sem exceção, criou o espírito a imagem pela ação do pensamento, e, só depois, a materializou.

Se assim ocorre na Terra, muito mais no espaço superior, onde o poder do pensamento criador é incomparavelmente maior.

Evolução significa, acima de tudo, poder criador. Quanto mais evoluído for o espírito, mais poderosos se tornam o pensamento e a capacidade de criar.


Um espírito no início da trajetória evolutiva, por mais nefasta que seja a sua atividade, não pode ultrapassar certos limites impostos pela indigência do raciocínio e pela pobreza mental de que é dotado. Já um espírito evoluído, se fosse utilizar os recursos de sua inteligência para o mal, poderia causar obra verdadeiramente devastadora.

O pensamento vigoroso emana do espírito forte, experiente.

Em cada existência bem aproveitada ele trabalha, conscientemente, para melhorar, ainda mais, sua personalidade psíquica. É na sequência desse progresso que crescem o poder do pensamento e a capacidade de conceber, de criar, de realizar obras, cada qual mais importante.

Se tal é possível num mundo tão modesto, de tão reduzida evolução espiritual como o nosso, imagine-se a força criadora, o extraordinário poder de realização dos espíritos altamente evoluídos, cujas atividades são exercidas em planos mais elevados.

O grande repositório da sabedoria não está na Terra, mas no espaço superior. Os progressos da moderna tecnologia não seriam ainda conhecidos, se muitas das suas parcelas não tivessem sido transmitidas aos seres humanos pela via da intuição, vale dizer, pela força do pensamento, diante da qual todas as distâncias se anulam.

Das riquezas espirituais que o leitor aprimora neste planeta, assume papel de excepcional relevo o pensamento, de cujo poder concentrado e abrangente depende a racional solução de todos os problemas da vida.

Força do Pensamento
Por Luiz de Mattos

Poderá gostar de conhecer:

Seguidores

Vale a pena visitar

Saiba mais sobre o Racionalismo Cristão