Seguidores

Filial Petrópolis do Racionalismo Cristão – Rio de Janeiro

clique em qualquer imagem para
ver como SLIDE
A Filial de Petrópolis do Racionalismo Cristão está situada na aprazível e também conhecida como Cidade Imperial, localizada no interior do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Foi fundada por iniciativa do Imperador Dom Pedro II (seu nome vem da junção da palavra em latim Petrus (Pedro) com a em grego Polis (cidade), ficando "Cidade de Pedro"). 

A cidade viveu sua maior relevância política no período Imperial, entre 1822 a 1889. Tudo começou quando em 1822, o Imperador brasileiro Dom Pedro I, com rumo para Minas Gerais pelo Caminho do Ouro, hospedou-se na fazenda do Padre Correia. 

Como ficou encantado com a região, adquiriu uma fazenda vizinha, a Fazenda do Córrego Seco, que a renomeou Imperial Fazenda da Concórdia, onde sonhou construir o Palácio da Concórdia.

Seu filho, Dom Pedro II, em 1843, assinou um decreto pelo qual determinava o assentamento de uma povoação, a ser formada com a vinda de imigrantes alemães e a construção do sonhado palácio de verão, que ficou pronto em 1847.

A partir de então, durante o verão, a cidade tornava-se a capital do Império do Brasil, com a mudança de toda a corte.

Grande número de habitantes da cidade do Rio de Janeiro, também se mudava durante o verão para Petrópolis para fugir dos surtos de febre amarela.

Dom Pedro II governou por 49 anos e, em pelo menos quarenta verões, permanecendo em Petrópolis, eventualmente por até cinco meses.

Em 29 de setembro de 1857, a localidade foi elevada à condição de cidade. E em 1861 foi inaugurada a primeira rodovia macadamizada do Brasil, denominada Estrada União e Indústria, que ligou Petrópolis a cidade de Juiz de Fora.

E em 1883, a estrada de ferro chegou à cidade por iniciativa do Barão de Mauá.

Independentemente da época do ano, era em Petrópolis que moravam os representantes diplomáticos estrangeiros na maior parte do período imperial.

Vale também lembrar que foi capital estadual temporária entre 1894 e 1902, denominado como Período Republicano do Estado do Rio de Janeiro, em substituição a Niterói.

O cinema chegou ao Brasil em 1896, logo em seguida, em 1897, ocorreu a primeira sessão de cinema na cidade, com a exibição, através de cinematógrafo, dos primeiros filmes dos irmãos Lumière. E em 1903, foi assinado, na cidade, o Tratado de Petrópolis, que incorporou o Acre ao Brasil, onde o sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado seu primeiro prefeito em 1916.
clique em qualquer imagem para
ver como SLIDE

A importância política da cidade perdurou por décadas, mesmo depois de 1889, ano que determinou o fim do Império Brasileiro. Pois, todos os presidentes da república, de Prudente de Morais a Costa e Silva, passaram pelo menos alguns dias na "Cidade Imperial" durante seus mandatos.

O mais assíduo dentre eles foi Getúlio Vargas, cujas estadias, durante o Estado Novo, duravam até três meses no Palácio Quitandinha, e, nessas dependências ocorreu a assinatura da declaração de guerra dos países americanos às Potências do Eixo, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Hoje o centro da cidade é onde se encontra o Palácio Imperial, com prédios públicos, comércio e serviços.

Os nascidos na cidade de Petrópolis, além de petropolitanos, por conseguinte podem ser chamados de fluminenses e não de "cariocas".

Também cabe citar que a cidade de Petrópolis é a sede do Laboratório Nacional de Computação Científica, uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

A Filial Petrópolis do Racionalismo Cristão está a uma distância de 70 quilômetros da Casa-Chefe do Rio de Janeiro, num percurso aproximado de 1 hora e 45 minutos. A Filial Petrópolis fica localizada na Rua Teresa, número 1504, no bairro Alto da Serra.
clique em qualquer imagem para
ver como SLIDE

Podemos dizer que a "semente" do Racionalismo Cristão foi plantada aqui em Petrópolis com as conferências que Luiz de Mattos realizou em nossa cidade, no Palácio de Cristal (hoje ponto turístico muito visitado), nos anos de 1912 a 1914.

Nesta cidade, a casa racionalista cristã já começou a funcionar como Filial no ano de 1925, na Rua Coronel Albino Siqueira, 458, no bairro Alto da Serra. Uma casa simples, porém com o firme propósito de esclarecer espiritualmente os seres que lá aportavam.

... Guardando grata recordação da nossa primeira estada no Filiado de Petrópolis, aumentou sempre a nossa estima pelos seus dirigentes materiais, vendo neles sempre fiel obediência à disciplina criada pela Casa-Chefe e admirando o entusiasmo que todos
nutriam para com a Doutrina, para tudo quanto dela emanasse e, sobretudo, aos elevados anseios de legar à humanidade, por intermédio da Casa-Chefe do Racionalismo Cristão, uma Casa mais condigna, não só à Doutrina, como a esta hospitaleira e admirável Petrópolis.
... Eis-nos, pois, senhores, dentro da Casa erigida com o produto do labor dos abnegados servidores do Racionalismo Cristão em Petrópolis! Antonio Cottas

A sede própria da Filial Petrópolis do Racionalismo Cristão começou a ser construída em 1942 na Rua Teresa, hoje no 1504, no bairro Alto da Serra. Ela foi inaugurada no dia 21 de março de 1943, com grande honra para nós. Estiveram presentes na inauguração desta Casa o nosso mestre Antônio Cottas, sua esposa Maria Cottas, escritor Luiz de Souza e muitos outros companheiros.
  
... Acreditamos, Senhores e Senhoras, com toda a energias duma convicção robusta e viva, que esta Doutrina há de ser o que Luiz de Mattos sempre esperou que ela fosse um diaConfiamos no esforço daqueles que a servem e constatamos, no seu entusiasmo, uma grande disposição para a luta, que os levará infalivelmente à vitóriaSabemos que os seus abnegados servidores não contam com alegrias, gratidões ou quaisquer outras compensações, pois muitas serão as decepções e desilusões que os esperam, mas temos a certeza de que eles saberão tudo vencer, encarando as vicissitudes da vida com valor e altivez. Maria Cottas

Esta casa racionalista cristã de Petrópolis foi sempre padrão de disciplina, de atividade, de salutares anseios de desenvolvimento,
as nobres intenções que animam os espíritos dos seus componentes dedicados repercutem na Casa-Chefe, onde se confundem, em agradável ressonância, com os elevados propósitos que ali se desdobram.
... Vibrando em harmonia com a corrente do bem, os nossos pensamentos se associam, nesta hora, em fraternais congratulações, aos pensamentos de todos aqueles que sentem, na imponência, pelo valor moral, desta inauguração, a grande força idealizadora, construtiva, esclarecedora, que reside no espírito inolvidável de Luiz de Mattos. Luiz de Souza

Desde a inauguração da sede própria, por esta Casa passaram vários companheiros, que muito trabalharam pela Doutrina, espelhando-se sempre nos exemplos dos nossos Mestres Luiz de Mattos, Luiz Thomaz e Antônio Cottas. 
Seu atual Presidente Astral é o Senhor Fernando Faria e o Presidente físico é o Senhor Geraldino Inácio de Araújo, que convida para que todos assistam as reuniões públicas durante a semana nas Segundas, Quartas, e ou Sextas-feiras, que iniciam as 20,00 e terminam às 21,00 horas, as portas se abrem às 19h20min e se fecham as 20h07min. Entrada é franca.

CONVITE a todos aqueles que...

A todos aqueles que por algum motivo se decepcionaram com a vida, pelo sofrimento, solidão, bulling, pela enganação mundo afora, não se crucifiquem, nem se mortifiquem, nem se culpem, ou aqueles que vivem num momento de bonança, venham estudar a espiritualidade conosco!

Nós estudiosos da Doutrina Racionalista Cristã, continuadora da obra de Jesus, dedicada ao esclarecimento da humanidade, fundada pelos humanistas, Senhores Luiz José de Mattos e Luiz Alves Thomaz, convidamos a todos a assistirem as reuniões espiritualistas e conhecer os benefícios da corrente fluídica em uma de nossas casas mais próximas, que acontecem as 2as, 4as, e 6as feiras, das 20,00 às 21,00 horas, as portas ficam abertas entre as 19,20 e as 20,07 horas. A entrada é franca e todos serão bem-vindos!

Seguidores

Vale a pena visitar