Seguidores

Senso de equilíbrio, aprimora-se aos poucos... - Por Luiz de Souza

“...O senso de equilíbrio consegue se, aos poucos, com esforço, desejando o pela consciência que se fizer do seu valor.

É atributo do espírito, e, portanto, eterno. A parcela que for incorporada ao patrimônio moral de cada um, nunca mais será perdida e sim reforçada pelas outras que lhes forem aduzindo.

No fim de certo tempo, sobressaem se as criaturas portadoras do senso de equilíbrio acumulado por parcelas cuidadosamente agregadas no correr de várias existências...” — Luiz de Souza — Fonte: Livro ao Encontro de uma Nova Era – Biblioteca Digital do Racionalismo Cristão

Vale a pena visitar

Arquivo do blog

Dúvidas? Fale conosco!

Seguidores