Seguidores

Por ocasião de reencarnar há sempre uma espécie de orientação de espíritos mais evoluídos - Por Pedro Pesce

Entendo que o livre arbítrio não é soberano para o espírito-partícula vez que à ocasião de reencarnar, num ou noutro sexo, ele está sujeito às Leis Naturais e Imutáveis que regem todo o universo e não apenas espíritos isolados.

A Evolução é Harmonia e nada ocorre ao acaso, tudo se insere num conjunto de causas e efeitos que se perdem no tempo e no espaço mas não escapam à Inteligência Universal.

Parece-me que quando o espírito escolhe seu sexo, sua família, seu país, sua época, para reencarnar, ele o faz visando suas necessidades e seus objetivos de aprimoramento e plenitude de sua evolução.

Ademais não devemo-nos esquecer que há sempre uma espécie de orientação e aconselhamento de espíritos mais evoluídos, de classes superiores, com o fito de dar ao reencarnante as melhores oportunidades possíveis para o seu progresso espiritual.

Abraço espiritual a todos.

Vale a pena visitar

Arquivo do blog

Dúvidas? Fale conosco!

Seguidores