Seguidores

Atributo do espírito - A Indignação

Limpeza Psíquica
O mérito está no ato de indignar-se contra as nossas próprias mazelas, transformando-as para o bem!

Um dos principais atributos do espírito é o raciocínio na utilização do livre-arbítrio para o bem, onde a criatura processa o respeito a si próprio e aos demais; mas não se pode ignorar que o ato de indignar-se com os acontecimentos da vida é decorrente do uso do livre-arbítrio no exercício da autocrítica e o autocontrole, no qual a criatura toma consciência das próprias e das mazelas de outrem.

Porém neste atributo espiritual acontece um fenômeno interessante, quando ocorre a indignação com os erros de outrem, torna-se mandatário o uso do livre arbítrio para o bem, para não abrir espaço aos maus pensamentos, o que atrairia as misérias de espíritos obsessores (espíritos quedados na atmosfera terrestre).

Assim ao utilizar-se da auto indignação, o espírito vai eliminando de sua vida os vícios, tais como; a corrupção, as atitudes delitivas, as indecorosas, os prejulgamentos, a permissividade, os atos impulsivos e impensados, a maledicência, a mentira, os sentimentos de desprezo, as violências internas, principalmente as revoltas contra as imperfeições dos demais; que, automaticamente, passa a dar exemplos dignificantes que oxigenam a vida com bons hábitos, aos quais apuram os demais atributos espirituais como o caráter, o equilíbrio, a consciência, a percepção de si mesmo, a tolerância, a paciência, a força de vontade, e a sensibilidade.

A constância dessa prática, quer seja no lar, no trabalho, ou num ambiente adverso, o ser perceberá o limite dos demais, e o levará a intensificar a compaixão para com as imperfeições das criaturas, garantindo assim a sua própria evolução, de sua família e da pátria.

Atributo do espírito - A Indignação
Por Wilson Candeias

Seguidores

Vale a pena visitar