Seguidores

Livre-Arbítrio, uma nova escolha - Por Luiz de Mattos

Há muita gente que está habituada a que lhe falem ao paladar e por isso não gosta da Verdade que o Racionalismo Cristão explana em suas Casas, com o fito exclusivo de esclarecer e livrar da ignorância as criaturas.

Esta Doutrina se impõe pela Verdade, ela procura esclarecer e elevar, espiritualmente, as criaturas. Aqueles que explanam os seus princípios não se desviam da disciplina e tudo fazem para que a humanidade desperte para uma nova vida e se revolte contra o embuste e a hipocrisia que têm causado tantos males. Os explanadores do Racionalismo Cristão dizem verdades que nem sempre agradam isto porque a verdade fere, mas cura. Ferindo, obriga a criatura a sentir a vida e a raciocinar melhor.

Quantas e quantas vezes daqui saem criaturas que foram feridas pela verdade, mas, ao chegarem à sua casa e rememorando fatos, recordando casos passados, chegam à conclusão de que houve razão no que aqui foi dito e daí em diante passam ser outras e criam disciplina nos seus lares.

O Racionalismo Cristão quer a humanidade esclarecida, consciente daquilo que é e do que deve ser para combater a fraqueza espiritual, porque esta é a causa dos maiores males que a atacam. Uma vez esclarecida, saberá dar combate à mentira, porque ela foi sempre um cancro a corroer o moral da humanidade.

Combata-se o fanatismo, seja ele qual for. O fanático dá má nota de sua inteligência, atesta pouco raciocínio e nenhuma compreensão. A criatura esclarecida não pode ser fanática; ela tudo vê, tudo observa e analisa com inteligência e raciocínio. O fanatismo enfraquece o espírito, desnorteia o livre-arbítrio e a vontade.

A criatura fanática não tem vontade, aceita aquilo que "a", "b" e "c" lhe impingem, aceita como certo aquilo que os seus mentores lhe dizem.

O Racionalismo Cristão quer que a criatura pense e raciocine. No Racionalismo Cristão a criança tem liberdade para raciocinar e poder dizer aos pais aquilo que sente, não há coação por parte dos pais esclarecidos.

O Racionalismo Cristão quer o adulto com sua personalidade, sabendo o que quer e como deve pensar e agir, sendo o responsável pelos seus atos.

Se o mundo caminha para o progresso espiritual e se há muito progresso material, por que razão não dar à criatura a liberdade de pensar, de deduzir, de tirar as suas conclusões, de desvendar os chamados mistérios, de conhecer a fundo os dogmas, para, enfim, ter a certeza da Verdade?

Limpeza Psíquica
O Racionalismo Cristão deseja despertar a humanidade, seja ela religiosa ou não, tenha tido uma educação religiosa ou não, tudo isso pouco nos importa. Se ela quiser aceitar, sem ofensa, sem se escandalizar, sem medo do inferno, sem se espantar com aquilo que ouve, que aceite; se não quiser, que continue ignorante, mas de uma coisa estamos certos; é que ela dirá sempre que no Redentor existe uma Doutrina diferente, uma Doutrina que diz a Verdade sem receio, com desassombro, que diz o que sente e que, portanto, é digna da consideração e do respeito de todos.

Eis o que nós desejamos que sintam, e como não fazemos obra só para o presente, mas, sim, para o futuro, esperamos que aqueles espíritos que hoje vêm reencarnando, aqueles espíritos que já dão demonstração da sua inteligência, da sua sagacidade, esperteza, discernimento e até de uma certa independência, aproveitem as lições que damos, as lições que outros continuarão a dar, para compreenderem e viverem melhor do que aqueles que, na época presente, apesar de inteligentes, apesar de certa cultura, desprezam.

É uma coisa natural e que a nós, absolutamente, não surpreende. É natural, porque, felizmente, aquilo que se grava em criança, dificilmente se esquece, e os adultos de hoje tiveram, naturalmente, quem gravasse nos seus espíritos isso, respondendo àquele ditado conhecido que diz que "ensinar em criança é gravar em mármore", o que é um fato.
Limpeza Psíquica

E esses tiveram, naturalmente, quem lhes gravasse nesse mármore aqueles princípios que não podem esquecer e que eles sentem eternamente e que dificilmente serão expurgados do mármore da sua memória.

Se muitas coisas que dizemos, se muitas lições verdadeiras que aqui são ditas não são bem recebidas, estamos certos de, no futuro, aqueles espíritos a que já nos referimos, irão aproveitá-las e muito, porque viverão despidos dessa ignorância, viverão, portanto, independentes, argutos e perspicazes, porque não aceitarão mais aquilo que não tenha explicação racional e científica, aquilo que a sua inteligência, que o seu raciocínio, que os seus sentimentos sãos, repilam.

O Racionalismo Cristão é uma Doutrina diferente e que muita gente não compreende, disso temos a certeza. Para nos compreenderem é preciso levarem a mente longe, é preciso pôr de lado todo o misticismo, todo o fanatismo, toda a vaidade, todo o preconceito; enquanto isso não se der, não seremos bem compreendidos, assim como não o serão os nossos Princípios.

É por isso que aconselhamos àqueles que vêm às nossas Casas para que formem ambiente para os espíritos que virão encarnar no seu meio, para que eles possam, assim, encontrar facilidade para melhor compreenderem e melhor se aprofundarem no estudo da vida.

Livre-Arbítrio, uma nova escolha
Por Luiz de Mattos


Poderá gostar de conhecer:
 Atavismo

Seguidores

Vale a pena visitar