Seguidores

Coragem para promover o bem

Ao estudar o passado atávico da humanidade, é visível, a constante ameaça ao animal homem, em ser caçado quando ele próprio estivesse caçando, individualmente ou em bandos, enfrentando as condições adversas e as intempéries o fez astuto e matreiro, como recurso de auto defesa.
"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bonsMr. Martin Luther King Jr.

Inventou, fantasiou, criaram-se lendas, que foram contadas de um para o outro, de povo para povo, de acordo com seus medos e crendices individuais, mas, em situações de completa adversidade.

Não existia meio medo ou meia coragem, era viver ou morrer na luta física, embate corpo a corpo. O instinto da sobrevivência o fez lutar pela vida, do medo total ao outro lado, a completa coragem.

A própria etimologia da palavra coragem já diz, vem da alteração da nossa cor portanto, através de nossos medos, ficamos corados, desistimos e nos tornamos reféns de nossos medos, ou partimos para a luta.

Hoje a coragem, deve demonstrar o quanto a criatura está focalizada na busca de sua evolução no conhecimento, estudo e pesquisa, assim como deverá ter coragem de ser livre-pensador, de educar sua vontade, de enfrentar dogmas que tanto obscureceram a mente humana. Coragem de aprender a aprender assimilando novos ensinamentos, e, coragem de conhecer-se como força e matéria.

Ainda deverá ter coragem de não se entregar à dor, assim como de lutar contra as manias de doenças, coragem de usar as intuições para o bem coletivo, de lutar contra a obsessão, de enfrentar a escravidão aos valores materiais, de enfrentar o desregramento sexual. Coragem de lutar contra a ambição desmedida, coragem de lutar contra a ociosidade, coragem de lutar contra as idéias fixas, coragem de não gesticular e não falar sozinho.

A coragem deve ser usada como uma poderosa arma de defesa, contra tudo que possa prejudicar a evolução do "Ser Humano".

Coragem de não mistificar, coragem de lutar contra o fanatismo, de aceitar a reencarnação do espírito, de não viver distante e sonhadoramente, de não pensar em desafetos, de não exagerar na alimentação, de lutar contra os próprios vícios. Coragem de não produzir ruídos, coragem em conviver com seus vizinhos, de não importunar e de não usar palavras que depreciem.
Coragem de não gastar acima do que pode, de não abandonar as responsabilidades e os deveres caseiros, coragem de não se ausentar da família, entregar-se à labuta diária com galhardia, buscar a satisfação do dever cumprido, coragem de abraçar sacrifícios pessoais em prol da família.

Coragem de estudar a mediunidade, de aceitar a evolução espiritual, de usar o livre arbítrio para o bem, de emitir pensamentos de valor, coragem de fazer as irradiações, de ser humilde, de aprender com os erros e corrigi-los. Coragem de sorrir, de saber perder, de cuidar da saúde coletiva, de promover a generosidade.

Coragem de lutar contra a miséria, de enfrentar o temperamento exclusivista, de enfrentar os preconceitos. Coragem de erguer a bandeira da honestidade, de enfrentar a corrupção e não se corromper. Coragem de cumprir com a sua palavra, de ter zelo pelo trabalho cumprindo os seus deveres à risca, de ser multiplicador do bem coletivo, de ser digno e sincero.
Coragem de ouvir a todos. De proteger os mais fracos, as crianças e os idosos. Coragem de ouvir um brado de revolta e tentar entende-lo, não entregar-se às ingratidões ou mal entendidos, ser moderado e neutro, de tentar entender a opinião contrária, calar e não responder a ofensas, não alimentar discussões, aceitar a renúncia, ser flexível e ceder em favor de outrem.

Coragem de proteger a natureza, de plantar muitas árvores, de não pisar na grama, cuidar de seu próprio lixo, coragem de proteger a água e o oxigênio que desfrutamos, respeitar os animais, devolver a vida à vida.

Coragem de lutar contra as nossas próprias pequenas violências, não tirar vantagens de ninguém, não julgar ninguém, não angustiar ou amofinar os outros, praticar a cortesia, não encontrar defeitos e sim valores intrínsecos nas pessoas.

Coragem de escrever seus pensamentos, ser patriota, ler algo sadio, usar a razão, cantar uma canção, entender suas limitações e enfrentar seus medos, ver o lado bom da vida, construir sua própria felicidade, tentar entender que o acaso não existe, sentir alegria de bem servir a todos, ficar em silêncio e meditar.

Coragem de passar entusiasmo, confiança e desejar sucesso às pessoas, respeitar o espaço de nosso semelhante, trabalhar em equipe e oferecer colaboração.

Coragem de entender que amanhã haverá compensação, lenitivo para o sofrimento de ontem, tentar entender que a Terra é um mundo escola e nós somos seus alunos, viver e estudar a vida espiritual, entender a existência física como um simples momento na existência do espírito, olhar o universo e sentir-se partícula inteligente dele.

Coragem para promover o bem
Por Wilson Candeias


Poderá gostar de conhecer:

Seguidores

Vale a pena visitar