Seguidores

Luz Astral ou Luz Solar?

São momentos felizes estes em que todos aqui se encontram a ouvir a palavra da verdade espiritual... É um momento sublime em que seus espíritos estão recebendo rajadas de Luz oferecidas pelo Astral Superior... Em 1910, neste país, surgiu essa Luz para os seres humanos compreenderem que não encarnaram para gozar neste plano físico, mas, sim, para se despojar de dívidas de outras encarnações e das que porventura adquirirem para a próxima.” Maria de Oliveira

A luz astral, alimentada pela evolução do espírito, não pode ser confundida com a luz emitida pelos corpos solares. A luz solar é formada pela radiação eletromagnética, responsável pela dinâmica da atmosfera terrestre e pelas variações climáticas, obedecendo às leis da física e da química, sua velocidade está estimada em 300.000 quilômetros por segundo. Podemos observar como reflexo a beleza do arco-íris. Mas, qualquer corpo opaco a detém ou a ofusca, instalando-se a escuridão. A luz é uma palavra que por si, nos faz sentir a claridade, torna o invisível em visível.

A luz física pertence ao mundo material — são luzes do espectro solar e suas associações — mantém-se constante e determinada por fenômenos físicos, artificiais e naturais como o Sol, que através da sua combustão constante dá luz e aquece o planeta Terra.

A luz astral representa a Força Inteligente em seu constante crescimento pela lapidação dos seus elevados valores, e enche o espaço infinito, por ser uma constituição inteiramente diversa. A luz espiritual advém do processo evolutivo próprio dessas leis, seu brilho aumenta de acordo com o grau de evolução e sua velocidade é imensurável, nada a detém.

A luz astral é uma luz, que não é determinada por fenômenos físicos, nem é reconhecida pela ciência, senão a ciência da espiritualidade, mas faz parte da essência de cada um, todos nós somos envolvidos por essa luz, ela irradia pelo espaço e envolve todos. É ela que magnetiza, atrai, repele, destrói, constrói, separa, quebra, reúne, e vivifica. Para o espírito nada significa as trevas da noite, pois ele vê através da luz astral, que penetra todos os corpos, até o mais ínfimo lugar no Espaço. Noite e dia representam períodos apenas relacionados com a vida material.

Quando existe a possibilidade de ver a luz astral e superior, esta não é constante, aparece quando se forma um pólo de atração, corrente fluídica, e desaparece quando essa corrente se desfaz para retornar aos mundos de luz, mas não deixa de existir, como exemplo em flashes, mas possui muito brilho e é cristalina.

Para ser possível ver-se a luz astral superior, tem de haver uma religação, pela força do pensamento e a vibração espiritual, com as Forças Superiores, e numa manifestação incondicional de paz, serenidade e amor essa luz estala, aparece principalmente para quem possui a mediunidade de vidência, que nos faz enxergar além das retinas. As manifestações do Astral Superior nos brindam mais luz com mais brilho — espécie de estrelinhas — e não é permanente. Aparece, vemos e vai-se embora.

Muitos destes fenômenos são relatados no livro de Maria de Oliveira e também por pessoas que assistem às reuniões públicas do Racionalismo Cristão. Mas as pessoas que têm o privilégio de enxergar as manifestações superiores, têm uma responsabilidade maior, devem estudar a vida fora da matéria e fortalecerem o seu esclarecimento como Força e Matéria, principalmente estarem longe do misticismo religioso.

Podemos confundir as luzes astrais e espirituais devido a que as duas penetram em nossa mente através da visão física e então temos dificuldades em distinguir uma da outra.

"Todo espírito investigador deve observar e agir, seja qual for a situação, mas nunca fugir da realidade." Livro Clássicos do Racionalismo Cristão de Luiz de Mattos
baixar este livro
+ livros RC

Luz é energia, portanto produz calor! Então para diferenciá-la poderíamos acrescentar que a luz solar aquece nosso corpo, e, a luz proveniente dos Espíritos Superiores nos aquece o espírito, o que nos confere o poder de transmutar a matéria, através do ânimo e da fortaleza. Poderíamos exemplificar de outra forma, um corpo sem vida perde o aquecimento e sua temperatura vai abaixando até que a matéria perca totalmente a vitalidade, iniciando outro processo natural, nos provando que o espírito é energia que anima o corpo matéria.. Esta matéria por sua vez, quando viva necessita da luz solar, energia que através da fotossíntese anima outras formas de vida, cadeia alimentar que formam a base de nutrientes que abastecem o corpo físico.

LUZ ASTRAL OU LUZ SOLAR?
Maria Filomena Besteiro, Carlos Lobosque, e Dirceu de Mattos
Colaboração na edição e revisão: Wilson Candeias

Fonte:

Poderá gostar de conhecer:

Seguidores

Vale a pena visitar